Em 1936 o Dr. José Maria Antunes começa a juntar uma rapaziada e a dar os primeiros passos na modalidade.

Para incentivar essa implantação faz-se na Queima das Fitas de 1937 um jogo de demonstração no campo de St.ª Cruz entre duas equipas de Lisboa (Veterinária e Comercial) que a primeira vence por 6-3.

O jogo começa a ter adeptos e praticantes.

Forma-se uma equipa, treina-se e… no dia 6 de Maio de 1940, no campo do Arnado (em Coimbra), durante os jogos desportivos universitários a Associação Académica de Coimbra joga a final com a Universidade Técnica de Lisboa perdendo por 6-3. É num jogo realizado em Coimbra (campo do Arnado) no dia 2 de Junho de 1942 que a AAC ganha o seu primeiro jogo, vencendo Lisboa por 8-0.

E assim acaba o primeiro período de Rugby da AAC.

Após alguns anos de interregno vem estudar para Coimbra (54-55) António Sá Lima. Com ele se iniciou a restauração do Rugby e se estrutura a Secção que se mantém até hoje.

A Secção de Rugby filia-se em 55/56 na A.R.L (Associação de Rugby de Lisboa) já que ainda não existia a F.P.R. (Federação Portuguesa de Rugby), que só aparece em 57/58 e disputa em Coimbra a final do primeiro Campeonato de Portugal (se assim se pode chamar), defrontando o C.F.”Os Belenenses” e perdendo por 40-0.

Como sócio fundador, filia-se em 57/58 na F.P.R. e vai disputando vários campeonatos federados e universitários.

Em 17 de Março de 1960 disputa em Coimbra (Estádio Municipal) o seu primeiro jogo internacional defrontando a equipa inglesa de St. John College de Oxford, perdendo por 0- 48.

A 1ª vitória só surge em 1962 frente ao Sporting, por 3-0. Na altura o ensaio e o pontapé livre valiam 3 pontos e a conversão 2.

Em 1963, passa-se a jogar e a treinar no novo Estádio Universitário e inaugura-se o campo no dia 3 de Março com uma vitória sobre o Futebol Benfica por 18-0. Nesse ano, em Maio, recebe e vence os campeões de Espanha, a Escola Superior de Arquitectura de Madrid por 6-3.

O jogo ganha raízes profundas e em 1970 pela mão de Manuel Costa ganhamos o primeiro título, o Torneio de Abertura.

No dia 2 de Junho de 1974, a Académica ganha em Coimbra ao S.L. Benfica por 15-12 conquistando pela primeira vez a Taça de Portugal.

O primeiro título de Campeão Nacional Sénior da 1ª Divisão aparece em 76/77 e volta a conquistar o título dois anos depois, 78/79.

Após a conquista das Taças de Portugal de 94/95 e 95/96 e o segundo lugar no campeonato de 94/95, a Associação Académica de Coimbra conquistou na época de 1996/97 o seu 3º Campeonato Nacional da 1ª Divisão a Supertaça – Festival 5 de Outubro, a Taça Primavera, a Taça de Portugal e a Taça Ibérica, feito histórico, uma vez que jamais alguma equipa portuguesa o conseguiu…

Nas 7 épocas seguintes, a secção de rugby, apesar de não ter conquistado qualquer título ao nível do escalão sénior, conquistou inúmeros campeonatos pelos seus escalões de formação: iniciados, juvenis, e com especial destaque para a conquista do campeonato da equipa Júnior na época 99/00, já que na altura, era o único escalão pelo qual a AAC ainda não tinha sido campeã nacional.

Há a registar que o único título em faltava no palmarés da secção é a Taça de Portugal de Juniores, competição em que fomos finalistas inúmeras vezes, sem nunca termos tido conseguido porém trazer a taça para Coimbra, feito esse conseguido na época de 2007/08.

Na época de 2003/2004, a AAC conquistou o seu 4º título nacional, num campeonato disputado, decidido na última jornada, na Tapada da Ajuda, frente ao Agronomia.

Na época de 2006/07 no escalão sénior foram conquistados o Campeonato Nacional da 1ª Divisão e o Circuito nacional de 7′s .

A época desportiva 2009/2010 fica assinalada como uma das mais brilhantes da história do rugby da Académica graças à excelência da prestação competitiva da sua equipa sénior de Seven’s.

Com uma visão brilhante, antecipando o futuro, e sob a liderança do Sérgio Franco, os “estudantes” decidem nos últimos anos apostar forte na vertente reduzida do jogo que seria modalidade olímpica nos Jogos do Rio de Janeiro em 2016. Com esta aposta a Académica alcança 3 títulos de campeão nacional absoluto (2006/7, 2009/10 e 2011/12), 5 de campeão nacional universitário (2007/8, 2008/9, 2009/10, 2010/11 e 2012/2013) e um de vice campeão europeu universitário (Bristol 2009).

A 17 de julho de 2010, em Córdoba, a equipa de Coimbra consegue um dos momentos mais significativos da sua história. Para além de ser título único no rugby português, o Campeonato da Europa Universitário de 7’s, é, um dos maiores  feitos alcançado por uma modalidade colectiva do desporto universitário português.

Na memória colectiva ficará a final de Córdoba, de 17 de Julho, transmitida em direto pela TVE, jogada com uma temperatura superior a 40 graus centígrados, contra a fortíssima equipa francesa de Montpellier. José Miguel, João Tavares, João Paulo, Henrique Cantante, Rui Rodrigues, Francisco Serra, Sérgio M. Franco (capitão de equipa), Eduardo Salgado, Tomás Pinto, Jurandi Santos, João Mateus e Bruno Costa sagraram-se Campeões da Europa, num jogo disputadíssimo com ensaio no último minuto.

Neste período, de quatro anos (de 2007 a 2010), Ricardo Dias, Eduardo Salgado, Sérgio Franco, Francisco Serra e Rui Rodrigues atingiram a internacionalização e representaram Portugal nas competições mundiais mais importantes organizadas pela IRB e FIRA. Os três últimos contribuíram mesmo para o primeiro e único título mundial do rugby português (Campeonato do Mundo Universitário de 7’s), disputado no Porto nesse mesmo ano de 2010.

Em termos de balanço da época de Seven’s de 2010 ficam vitórias em todas as competições, com a equipa principal da AAC a conquistar os seguintes títulos:

Campeão Nacional absoluto, Campeão Nacional Universitário e Campeão Europeu Universitário

Também na vertente de XV a secção de rugby da AAC alcança, neste período, 2 títulos de Campeão Nacional da 1ª Divisão, mais precisamente nas épocas de 2006/2007 e 2008/2009.

Resultante do trabalho de exceção, desenvolvido nos escalões de formação, os sub 20 e sub 21 vencem a Taça de Portugal em 2007/2008 e 2011/2012, respetivamente, enquanto a equipa de sub 18 sagra-se Campeã Nacional em 2013/2014.

Palmarés

Seniores

Seniores

  • Campeão Europeu de Sevens Universitários 2009/2010
  • Taça Ibérica – Seniores 1997;
  • Campeão Nacional 1976/77, 1978/1979, 1996/1997 e 2003/2004
  • Campeão Nacional 1ª Divisão 2006/2007 e 2008/2009
  • Campeão Nacional 2ª Divisão 1993/1994
  • Campeão Nacional de Sevens 2006/2007, 2009/2010 e 2012/2013
  • Campeão Nacional de Sevens Universitários 2007/2008,2008/2009,2009/2010, 2010/2011 e 2012/2013 
  • Taças de Portugal Seniores: 1973/1974, 1979/1980, 1989/1990, 1994/1995, 1995/1996 , 1996/1997 e 2017/2018
  • Taças Primavera: 1993/1994, 1994/1955, 1995/1996
  • Supertaça 1988/1989 e 1996/1997 –
  • Campeonato Nacional de Reservas 1989/1990
  • Torneio de Abertura 1973/1974 e 1999/2000
  • Torneio de Abertura da Região Centro e Norte 1994/1995
  • Taça António Cabral Fernandes 2003/2004

Juniores e Escalões de Formação

Campeão Nacional de Sub-18 2013/2014 – Campeão Nacional de Juniores 1999/2000

Taça de Portugal Sub-21 2011/2012 – Taça de Portugal Sub-20 2007/2008 – Vencedor Supertaça Juniores 2000/2001

Campeão Nacional de Juniores da 2ª Divisão 1983/1984 – Campeonato Nacional de Juvenis 1995/1996

Campeonato Nacional de Iniciados 1993/1994, 1997/1998, 1998/1999, 2000/2001